-PUBLICIDADE-

Corajoso? Afrontoso? Pode se dizer  que sim!! “Neste verão, estou me juntando a outros 10 mil torcedores ingleses na Rússia para torcer!”, disse um torcedor gay inglês que preferiu não se identificar à reportagem da BBC.

O rapaz afirmou que mesmo que no princípio tenha ficado nervoso antes de embarcar, está agora por lá curtindo a Copa. E ainda ressaltou, que a adrenalina e a emoção do esporte que ele curte, o ajuda a esquecer a preocupação por estar em meio a um Mundial realizado em um dos países mais homofóbicos do mundo.

“Meus amigos dizem que eu não deveria vir. Mas quero mostrar aos LGBTs que temos o direito de ir e vir. Não é porque sou gay que devo me privar.”, disse o rapaz.

Vale lembrar que desde 2013, a Rússia proibiu qualquer tipo de “propaganda” gay, principalmente atitudes em público em relação à questões LGBT.

Mas mesmo assim, durante a Copa, já houve notícia de beijo gay em Estádiobandeira gay sendo aberta durante o jogo, e infelizmente também já houve agressão a casal gay na rua onde um inclusive teve uma lesão cerebral.

Mas apesar dos riscos, o torcedor afirma que este é um momento importante para nos mostrarmos: “A Copa como plataforma ajuda a dar visibilidade. E o povo russo inevitavelmente terá que ser mais compreensivo e aceitável já que estão recebendo pessoas de todo o mundo.”, disse o rapaz.

E concluiu afirmando: “Claro que não vou chamar atenção a toa, mas estou aqui e sendo eu mesmo. Não temos que mudar só porque os outros acham que sim”.

Texto Marcus V. Xavier – Redator chefe

Facebook 

Instagram

Diz aí, o que achou?

-PUBLICIDADE-