Time de futebol gay Bulls (Foto: Reprodução/YouTube)

O time paulista Bulls foi o grande vencedor da 2ª edição da Champions Ligay, campeonato gay brasileiro de futebol society, que aconteceu no sábado (14) e domingo (15), em Porto Alegre. A equipe levou a melhor na partida final disputada contra o Beescats do Rio de Janeiro.

A final foi acirrada e decidida na base do desempate do placar de 1 a 1 no shootout, algo semelhante à cobrança de pênaltis. A vitória foi uma conquista ainda maior pelo desfalque do goleiro que rompeu dois tendões no primeiro dia e teve que assistir ao jogo em uma cadeira de rodas. “Nosso time tem um ano e dois meses e participa da Champions Ligay pela primeira vez. Todo mundo sempre jogou. Há pouco tempo, nos juntamos e nos preparamos muito para estarmos aqui”, afirmou o jogador do time Douglas Batista ao Gaucha ZH.

No momento da entrega das medalhas, o Sereyos, que ficou na terceira colocação do campeonato, fez um gesto que lembrou um dos motivos da disputa existir. Os atletas trocaram as camisetas azuis por pretas que, lado a lado, formavam a seguinte frase em letras brancas: “Pelo fim do Armário”.

 

A competição foi criada no ano passado e levanta a bandeira da diversidade no esporte tão excludente para esta parcela da população. O Presidente da Federação de Soccer Society do Rio Grande do Sul Vinicius Santos, que também foi o árbitro do jogo, conta que recebeu com surpresa o fato do fair play predominar no evento, acostumado a agressividade corriqueira nos torneios com héteros.

“Eles (jogadores) respeitam a decisão do árbitro e têm educação com o adversário. E tudo isso jogando bola. É futebol normal, eles levam a sério e são competitivos, mas não passam do limite da civilidade”, ressaltou.

Facebook Comments