-PUBLICIDADE-

o ator Rafael Infante se pronunciou sobre a polêmica de suposta homofobia envolvendo seu novo personagem Carlinhos Avelar, que aparece em um novo vídeo do Porta dos Fundos.

Em entrevista ao Uol, o artista afirmou que seu retorno ao Porta, que ocorre depois de quatro anos afastado, foi pensado com muito cuidado pelos roteiristas e deseja ser uma homenagem divertida.

“Nunca debochamos de ninguém que fala assim. O personagem foi pensado em conjunto pela gente com muito cuidado. Ainda mais voltando nesse momento que estamos vivendo no Brasil, em que se mata gente apenas por ser diferente de alguma forma”, afirmou ele, que interpretou um ator gay em Bom Sucesso.

Segundo Infante, a intenção não é brincar com os trejeitos afeminados ou afetado de um homem gay, mas sim com a forma que algumas pessoas contam histórias. A primeira vez que o personagem surgiu foi em um vídeo de 2015.

“Sabe quando você escuta as pessoas fazendo fofoca, e não consegue entender nada? Sempre brincava disso. Não sei o quê, tananã, tananina. Comentei acho que com o Ian [SBF, diretor]: ‘E se a gente fizesse um vídeo em que alguém tivesse que contar uma história, mas não conta nada?’”, conta.

“Gosto de acompanhar a repercussão e até para mudar, caso esteja ofendendo alguém. Mas tenho recebido um retorno muito positivo de fãs e amigos gays. Falando que não estamos debochando, mas representando. Que ele consegue representar uma crítica sobre esse momento confuso do Brasil”, completou o ator.

Diz aí, o que achou?

-PUBLICIDADE-