-PUBLICIDADE-

Aos poucos as coisas ao redor do mundo estão melhorando para a comunidade LGBT. A novidade agora é que a Ilha de Porto Rico acaba de dar permissão para que pessoas trans possam alterar seu gênero nos documentos e até mesmo na certidão de nascimento.

“O direito a identidade da própria existência é uma questão de humanidade. Estas vozes precisam ser ouvidas”, disse a juíza Carmen Consuelo Cerezo anunciando a decisão.

Para quem não sabe, Porto Rico é um território não incorporado dos Estados Unidos localizado no nordeste do Mar do Caribe.

A decisão coloca o Estado a frente de outros na questão dos direitos de pessoas trans, uma vez que no dia a dia, os transexuais passam por situações constrangedoras e opressoras ao terem que mostrar documento para entrar em algum estabelecimento que exija, comprar uma passagem e até mesmo fazer uma reserva de hotel, enfim, tudo que nós pessoas cis, fazemos sem qualquer constrangimento.

“Ter uma certidão de nascimento de acordo com meu gênero é um grande passo. Me faz sentir mais segura e feliz pelo meu país me reconhecer da maneira que eu me reconheço”, disse a ativista Daniela Arroyo.

Agora restam os Estados americanos de Ohio, Kansas e Tenesse  atualizarem também suas leis neste sentido, uma vez que todos estes proíbem a alteração de registro de nascimento.

Texto Marcus V. Xavier – Redator chefe

Facebook

Instagram 

Diz aí, o que achou?

-PUBLICIDADE-