-PUBLICIDADE-

Barrado no baile ou melhor na boate! rs Foi exatamente isso que aconteceu com o londrino Pavel Vacek, que é assumidamente gay e denunciou uma boate LGBT, de Londres que o impediu de entrar na casa noturna por estar usando uma bota de salto alto.

O argumento usado pela hostess da casa noturna, era de que o local era um clube masculino dedicado aos gays ursos e que o uso de qualquer item feminino, como salto alto, peruca ou maquiagem pelos seus frequentadores, estava vetado.

Festa XXL
 – Favorita do público Bear, não permite a entrada de qualquer homem com acessórios femininos.

Em entrevista ao Gay Star News, Pavel contou que assim que chegou na porta da boate XXL, o hostess afirmou que ele não poderia entrar. Em seu perfil no Instagram, o rapaz criticou a regra do estabelecimento.

#heels, #gayheels #genderbender

A post shared by Pavel Vacek (@pavelthedancer) on

“Usar salto não significa feminilidade. Quem disse que salto é só pra mulher? Você pode ser masculino e usar salto alto. Acho até sexy! Não existe regras”, afirmou ele em uma publicação na qual mostrava o look.

Ainda na reportagem, Pavel disse que não pretende mais voltar à boate: “Sou mente aberta, não faço nem questão de chegar em lugares com regras tão restritas”, lamentou.

Texto Marcus V. Xavier – Redator Chefe

Facebook

Instagram

Diz aí, o que achou?

-PUBLICIDADE-