-PUBLICIDADE-

Convidado do programa Roda Viva desta segunda-feira (19), o youtuber Felipe Neto disparou críticas contra o prefeito do Rio de Janeiro Marcelo Crivella e fez questionamentos sobre a gestão problemática.

Durante a entrevista, o influenciador comentou sobre o episódio envolvendo censura LGBTQ+ protagonizado pelo prefeito na Bienal do Livro do Rio 2019. Na época, o pastor tentou de apreender uma publicação que havia beijo gay.

“Ele fez aquilo para se popularizar. Eu só pensava que aquilo era uma censura histórica. Fiquei desesperado e precisava pensar em alguma coisa. Eu tinha que fazer algo como homem, branco e rico”, afirmou Felipe.

“A gente vive em um país que, infelizmente, ‘caçar gay, dá voto”, completou o Felipe, que acabou se tornando um destaque ao comprar e distribuir 14 mil livros com temáticas LGBTQ+ que poderiam ser “apreendidos” pela prefeitura.

 

Diz aí, o que achou?

-PUBLICIDADE-